Vidros são tendência em arquitetura

Vidros são tendência em arquitetura

O vidro é um material versátil e, com sua enorme variedade de formatos e tamanhos, tem se tornado peça essencial e indispensável desde a etapa da construção e obras até a decoração de belas casas e edifícios, em ambientes internos ou externos. Ele traz um aspecto de sofisticação, charme e glamour em cada uma de suas inúmeras aplicações, que podem ser em janelas, sacadas, prateleiras, divisórias, entre outros locais, e tem feito cada vez mais parte do portfólio de projetos de arquitetura, design de interiores e movelaria.

bg1

A utilização de vidros é tendência mundial para deixar os ambientes mais leves e com um design arrojado. E a produção vidreira nacional responde a esta demanda, apresentando resultados satisfatórios – segundo pesquisa da Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro), os investimentos anunciados permitem concluir que, no intervalo de apenas seis anos (2008-2014), a produção de vidros planos no Brasil cresceu 128%. Estima-se, também, que o mercado global de vidros planos produz aproximadamente 52 milhões de toneladas por ano.

O primeiro aspecto destacado é a transparência dos vidros, tornando os ambientes mais iluminados e clean. Um exemplo dessa utilização está no Museu de Artes de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp), que renovou seu espaço de exposição e passou a utilizar cavaletes de vidro para suportar as obras. A mudança traz uma sensação de invisibilidade às estruturas que sustentam as obras de arte e os visitantes têm a sensação que os quadros estão “flutuando” no ambiente, deixando o público mais próximo das pinturas – demonstrando o potencial destes materiais, que podem ser aplicados de várias formas. Uma excelente opção para se obter um sofisticado impacto visual em diversos ambientes. O fornecimento do material para a montagem dos cavaletes de vidros foi da AGC, que se tornou parceira oficial do MASP com a doação das peças para produção dos suportes para as obras do Museu. A companhia tem acompanhado a tendência de crescimento deste mercado e investe cada vez mais no setor de vidros decorativos.

“O segmento de vidros decorativos é muito promissor para a AGC. Promovemos soluções únicas e inovadoras para este mercado, que atuam como fontes inspiradoras e diferenciadas para projetos de arquitetura, design de interiores e movelaria. Acompanhamos de perto as tendências na Europa e em outros continentes, podendo atender facilmente ao mercado brasileiro com soluções de qualidade”, declarou Denis Ramboux, diretor de Marketing e Vendas da AGC Vidros Brasil.

O vidro extra claro é totalmente alinhado com as tendências atuais da arquitetura no que diz respeito à neutralidade, pureza e iluminação. É um produto magnífico com incomparável transmissão de luminosidade, o que lhe confere uma excelente aparência. Outra opção são os vidros pintados, perfeitos para melhorar e ampliar ambientes. Processadores, vidraceiros, arquitetos, decoradores e consumidores têm demonstrado enorme receptividade com sua aparência única. Este tipo de vidro é utilizado principalmente como revestimento de parede e movelaria, em suas versões: branco, extra branco e preto. Já os vidros espessos são ideais para utilização em grandes áreas de envidraçamento e em móveis e projetos de interiores diferenciados; é o vidro de referência para a indústria moveleira italiana, por exemplo.

Para portas, divisórias e movelarias, os vidros acidatos são a escolha perfeita, com sua alta qualidade de acabamento, que atinge o delicado equilíbrio entre privacidade e luz. Uma excelente opção para um sofisticado impacto visual em ambientes internos e externos.

Os espelhos são um clássico na arquitetura e construção porque trazem uma sensação de ampliação ao ambiente. A novidade é que as tecnologias de hoje em dia garantem resistência a manchas e corrosão, o que permite um custo-benefício excelente.

Fonte: Casa Vogue

1 Comentário

  1. Sr. WordPress disse:

    Olá, Isto é um comentário.
    Para excluir um comentário, faça o login e veja os comentários de posts. Lá você terá a opção de editá-los ou excluí-los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *